Curry renova com Warriors e se torna o mais bem pago da história da NBA

Armador receberá 201 milhões de dólares para seguir no atual campeão por cinco temporadas, desbanca Mike Conley e vira o detentor do salário mais alto da Liga

  1. Stephen Curry; Golden State Warriors x Cleveland Cavaliers; Jogo 5 final NBA (Foto: Reuters)
  2. Curry ocupa agora o topo entre os mais bem pagos da história da NBA (Foto: Reuters)

A fera seguirá nos Warriors. Em infirmação confirmada na noite desta sexta-feira, Stephen Curry acertou a renovação de seu compromisso com o Golden State e permanecerá por mais cinco anos no atual campeão da NBA. O armador de 29 anos receberá um total de nada menos do que 201 milhões de dólares, o equivalente a aproximadamente 665 milhões de reais.
Os estratosféricos valores transformam Curry como o mais bem pago da história da Liga, superando Mike Conley. Também por cinco temporadas, o armador renovou em 2016 seu vínculo com o Memphis Grizzlies recebendo ao todo 153 milhões de dólares, o correspondente hoje a 506 milhões de reais. Antes de Conley, o dono do contrato mais robusto era o agora aposentado Kobe Bryant (cerca de 136 milhões de dólares com o Los Angeles Lakers, ou 450 milhões de reais).
Estreando em 2009, Stephen Curry parte para sua nona temporada nos Warriors, pela qual conquistou os títulos de 2014/15 e 2016/17, além, é claro, dos corações dos torcedores da franquia de Oakland. O anúncio do espetacular novo contrato de Steph já rendeu congratulações ilustres nas redes sociais, como a de LeBron James, felicitando o rival da grande final da temporada.

AS OUTRAS NOVIDADES DA ABERTURA DA JANELA

Clippers seguram Griffin 

Peça imprescindível no Los Angeles Clippers e uma das figurinhas carimbadas da NBA, o possante Blake Griffin permanecerá na franquia californiana, enfraquecida após a saída de Chris Paul. Aos 28 anos, o camisa 32 irá receber 173 milhões de dólares (572 milhões de reais) por mais cinco anos de contrato.

Livingston também renova com Warriors

Jogador importante na conquista dos Warriors, Shaun Livingston (31 anos) foi outro a selar novo acordo. Por 24 milhões de dólares (cerca de 80 milhões de reais) em mais três temporadas de compromisso, o armador suplente vai permanecer como companheiro de Curry no time da Califórnia.

Mills segue nos Spurs

Por 50 milhões de dólares (165 milhões de reais) em quatro temporadas, o australiano Patty Mills (28 anos) prorrogou sua estada em San Antonio. Desde 2011 nos Spurs, o armador é uma das opções de criação da equipe comandada por Gregg Popovich.

Teague fecha com Wolves

Mudança de ares para Jeff Teague. O armador de 29 anos trocou o Indiana Pacers pelo Minnesota Timberwolves. Por um vínculo de três anos, o armador receberá 57 milhões de dólares (188 milhões de reais).

Sportv